sábado

2º Capítulo

Dezembro em Oklahoma era dos meses mais frios do ano, quando o vento gelado soprava cortante e impiedoso. Vanessa só esperava que depois de tanto frio pelo menos tivessem neve pelo Natal, que seria dali a duas semanas.
- Lindo o seu casaco. - Ashley olhou com certa inveja para o casaco de pele branco que Vanessa usava. - É aquele que ganhou de sua mãe no último aniversário, não?
- Ele mesmo. Minha mãe é um amor, não acha?
- Sim, um amor - Ashley concordou sem entusiasmo. - Nem usando uma maravilha destas eu chamaria a atenção de algum homem. Preciso bem mais que um casaco de peles para que me olhem do jeito que a olham, amiga.
- Não peço a eles que me olhem, Ashley.
- E precisa?
Vanessa parou, perdendo a paciência.
- O que há com você hoje? Acordou com o pé esquerdo por acaso?
- O que há? Faz três semanas que não sei o que é sair com alguém - Ashley respondeu com uma risada amarga. - E além disso olhar para você todas as manhãs me faz sentir como um sapato velho pelo resto do dia.
- Ora, Ashley. - Vanessa riu, passando o braço pelos ombros da amiga enquanto caminhavam. - Anime-se, minha cara. O Natal está próximo e logo será um outro ano. Já posso até sentir um cheiro excitante no ar!
Ashley respirou fundo e em seguida deu de ombros.
- O único cheiro que sinto é de chuva de granizo.
- Oh, Ashley! - Vanessa riu apertando o passo. - Vamos mais rápido senão chegarei atrasada.
Muito antes de Vanessa chegar à sua sala, Zachary Efron já ouvira o barulho de seus saltos altos pelo corredor. Esperava-a na porta com um ar de quem se encontrava ali por acaso.
- Bom dia, sr. Efron. - Vanessa o cumprimentou sorridente, indo direto ao fundo da sala pendurar o casaco. - Desculpe tê-lo feito esperar.
Zac ajeitou os óculos sobre o nariz. A chegada de Vanessa, como sempre, o perturbava. A simples visão da saia leve de lã movimentando-se sobre os quadris enquanto ela andava era o suficiente para deixá-lo completamente atordoado.
- Tudo bem, srta. Hudgens. - Zac caminhou até a mesa dela. - Já comecei a trabalhar nos relatórios. Na verdade quase cheguei a terminar alguns deles ontem à noite.
Vanessa sentiu complexo de culpa. Pobre sr. Efron... Trabalhando até tarde enquanto ela estivera dançando com Alex. Bem, mas por outro lado ele até que recebia um bom ordenado. Um excelente ordenado, na verdade!
Será que ela teria coragem de desistir de suas noitadas se ganhasse o mesmo que o chefe? Por certo que não. Dinheiro não era tudo, descobrira isso havia muito tempo.
- Tratamos antes da correspondência, sr. Efron? - indagou, sentando-se. - Suponho que logo depois queira concluir aqueles relatórios que começou, não?
O sr. Efron concordou enfiando as duas mãos nos bolsos da calça.
Ashley o chamara de homem das neves e colarinho engomado, Vanessa lembrou-se. Engraçado, mas ela nunca havia pensado nele daquela maneira.
Sabia que a maioria dos funcionários da Sooner Fidelity tinha a mesma opinião que Ashley, e achava curioso, pois noventa e nove por cento deles mal o conheciam. Aliás, duvidava que alguém conhecesse de fato o sr. Efron.
Durante aqueles dois anos trabalhando para ele nunca o ouvira mencionar o nome de amigos ou parentes. O único assunto que conversavam era trabalho. O homem era obcecado pelo trabalho, nesse ponto Ashley estava certa.
Até mesmo Vanessa costumava vê-lo apenas como seu chefe e não como um homem. Mas naquele momento, talvez devido aos comentários de Ashley, decidiu examiná-lo mais atentamente. Olhou-o por alguns segundos.
E não era que o sr. Efron tinha boa aparência? constatou. Pena não ser mais descontraído ao se vestir. Se usasse roupas modernas e cuidasse um pouco do visual, sem dúvida seria um executivo bastante atraente. Jamais se tornaria um Alex Pettyfer, mesmo assim... bem, cada homem tinha seu tipo, não? Uns mais musculosos, outros um pouco menos, o que não significava que não despertassem o interesse das mulheres.
Vanessa sentiu vontade de rir. Imaginava Ashley vendo-a pensar daquele jeito sobre o sr. Efron! Diria que ela ficara doida!
Vanessa pegou a pilha de correspondência e começou a separá-la. Geralmente nessa hora o sr. Efron ia para a outra sala, onde ficava sua própria mesa, mas naquela manhã estranhou ao vê-lo ali parado, olhando para ela.
- Mais alguma coisa, sr. Efron?
- Bem, eu... sim! Gostaria de ter uma conversa com você antes de começarmos, srta. Hudgens.
Ele lhe parecia tão sério que Vanessa ficou preocupada. Apesar da vida agitada que levava e dos inúmeros compromissos e encontros com rapazes, costumava ser uma secretária extremamente eficiente e responsável. Na verdade, esforçava-se sempre para ser a melhor dentro da Sooner Fidelity.
- Espero não ter feito nada errado, sr. Efron.
- Oh não, não. Seu trabalho é excelente, srta. Hudgens, não tenho queixas. O assunto que quero lhe falar é... é totalmente diferente.
A surpresa foi maior ainda. E ele parecia tão nervoso que Vanessa resolveu ajudá-lo.
- Gostaria que eu fosse buscar uma xícara de café, sr. Efron? Estarei de volta num segundo.
- Aceito, obrigado - o sr. Efron respondeu prontamente. - Estarei esperando em meu escritório quando voltar, srta. Hudgens.
Vanessa ficou observando enquanto ele se afastava e em seguida levantou-se. Aquele dia de fato já começara estranho.
Logo cedo o despertador não tocara. Depois havia derrubado café na blusa nova, chegara atrasada e agora o sr. Efron agindo completamente fora de seus hábitos. Só gostaria de saber o que viria a seguir.
A copa onde serviam café ficava no mesmo andar em que Vanessa trabalhava, no final do corredor. Pegando rapidamente uma xícara, encheu-a com café colocando dois torrões de açúcar no pires.
Uma voz masculina soou bem atrás dela quando já ia sair.
- Oi, Vanessa! Você está linda esta manhã. Aliás, como sempre.
Vanessa se voltou devagar reconhecendo a voz de Corey, um rapaz com ares de conquistador, que trabalhava no mesmo departamento que Ashley.
- Obrigada, Corey. - Ela puxou o suspensório dele com a mão livre e soltou-o dando uma risada maliciosa. - Você também está lindo, sabia?
O rapaz riu e olhou a xícara de café.
- Precisando de uma dose extra de cafeína depois da noitada com Alex?
- Não, estou perfeitamente acordada, Corey. O café é para o sr. Efron. A propósito, quem lhe contou sobre Alex?
- Querida Vanessa. Você sabe que este lugar seria tedioso se não tivéssemos a sua vida social agitada como assunto.
- O que foi que fiz para merecer um amigo como você, Corey?
Ele riu dando um leve tapinha no rosto de Vanessa.
- Coisinha linda! E por falar nisso, como vai o "Homem das Neves" esta manhã?
Oiiiii
Tadinha da Ashley, espero que ela receba uma promoção...
Só eu que vi que o Zac já tem uma grande queda pela Vanessa!? :D
Também né!? Uma mulher dessas...
O que será que o Zac quer com ela... #Curiosa
Comentem ai e até qualquer hora!! 
Beijinhoos....

4 comentários:

  1. Fiquei fora por um dia e já tem dois capítulos!!!
    Estou apaixonada pela fic ;)

    ResponderExcluir
  2. O Zac não tem uma queda pela V
    ele tem é o penhasco inteiro kkkkk
    Amei o capítulo ♡♡♡
    Posta mais, kisses

    ResponderExcluir
  3. Ai ate q enfim consegui pegar uma fic q vc esteja postando pq todas q eu li sua ja tava finalizada e nem de pra comentar eu amei todas e to amando essa zac q reconquistar uma paixao antiga mas tem um queda pela nessa sei n hein kkkk ansiosa por mais
    Xoxo

    ResponderExcluir