sexta-feira

1º Capítulo

Atrasada e quase sem fôlego, Vanessa Hudgens entrou na pequena confeitaria onde invariavelmente fazia seu desjejum.
Droga! Justo naquele dia o rádio-relógio resolvera enguiçar! Agora só teria quinze minutos entre o café da manhã e a ida ao escritório!
Como sempre o Maria`s Donut`s encontrava-se lotado.
A maioria do pessoal que trabalhava nos escritórios da região o frequentava, embora Vanessa achasse que por razões um pouco diferentes da sua. Iam em busca de uma boa dose de cafeína antes de iniciarem mais um dia de trabalho, ao passo que ela o escolhia em virtude de seus pãezinhos e folhados, recheados com diferentes tipos de geleias. Uma verdadeira delícia!
Sem tomar conhecimento dos inúmeros olhares masculinos que atraía, Vanessa caminhou entre as mesas até atingir a última dos fundos, onde Ashley a aguardava.
- Até que enfim, Vanessa! - a amiga exclamou ao vê-la. - Sabe que tem menos de quinze minutos para tomar o café e chegar ao escritório?
- Sim, eu sei, Ashley. Não precisa me lembrar. - Vanessa tirou seu casaco de pele. - Meu relógio não tocou, não sei por quê.
- Pensei que nunca precisasse de despertador para acordar.
- É verdade, mas acontece que eu estava exausta ontem à noite. Alex e eu fomos dançar e só cheguei em casa às duas horas da manhã!
A garçonete aproximou-se no instante em que Vanessa acabava de colocar o casaco no encosto da cadeira.
- Dois croissant recheados com passas e canela e um café, por favor - ela pediu à moça e voltou-se para a amiga: - Nunca me diverti tanto como ontem, Ashley. Alex e eu...
- Espere um pouco. Não está se referindo a Alexander Richard Pettyfer, o pivô do time de basquete, está?
- Ele mesmo.
- Vanessa! Como foi que vocês dois se conheceram, garota?
Vanessa deu de ombros, indiferente ao olhar atônito de Ashley. Antes de responder agradeceu à garçonete que acabava de trazer-lhe o pedido.
- Bem, deixe-me ver... Acho que foi numa das festas em casa de Corey. Alex devia ser amigo de alguém que estava por lá, e nós demos um encontrão, foi só.
- E você ainda diz só?! Esbarra no gato por acaso e passa uma noite inteira dançando com ele? Oh, Vanessa... Eu poderia colidir com ele totalmente nua que Alex nem sequer me notaria.
- Ashley! Ele não é tão famoso assim. Não passa de um rapaz como qualquer outro.
- Oh, mas é claro que sim. Apenas é conhecido no país inteiro e provavelmente vai disputar os jogos olímpicos! É dono de um punhado de músculos e... - Os olhos de Ashley se estreitaram. - E por falar nisso, ele não é jovem demais para você?
- Nem tanto. Alex deve ter uns vinte e cinco, talvez dois ou três anos a menos que eu. Mas que importância tem isso?
- Que importância tem?
Ashley já completara trinta anos, era divorciada e trabalhava na mesma companhia de seguros que Vanessa. Durante dois anos as duas haviam sido datilógrafas no mesmo departamento, até que Ashley fora transferida para a seção dos computadores. Pouco depois Vanessa tivera a sorte de conseguir um posto bem mais alto, como secretária particular do vice-presidente da firma!
Não era justo, Ashley vivia repetindo a si mesma. E, como ela, todas as outras mulheres na firma também não se conformavam com a sorte de Vanessa.
Não era justo que alguém tivesse cabelos tão loiros, mesmo que tingidos e sedosos. Não era justo que alguém comesse tantos doces e pães e ainda continuasse parando o tráfego com sua silhueta atraente, curvilínea, sem um dedinho sequer de gordura fora do lugar. E havia mais: Vanessa possuía olhos cor de avelã maravilhosos, lábios carnudos na medida exata. Perfeitos para o beijo, como diziam todos os rapazes no departamento de Ashley. E um nariz muito lindo e arrebitado junto com um queixo perfeito! Não era para menos que jamais sofria por falta de atenção do sexo oposto!
Mas não eram só os predicados físicos que faziam de Vanessa uma mulher atraente e insinuante. Ashley não conseguia definir aquele "algo mais" que ela possuía, mas jurara a si mesma que no dia em que descobrisse ficaria milionária como "consultora feminina"!
- Acha que a diferença de idade faz alguma diferença, Ashley? - Vanessa insistiu.
- Para você, sem dúvida não - Ashley respondeu sem entusiasmo. - Afinal o seu lema sempre foi ame-os e deixe-os, não é mesmo? Ou então, troque-os com tanta frequência que não terão tempo de se ligarem em você.
- Ora, Ashley - Vanessa fez um gesto brusco demais, espirrando café em sua blusa nova. - Droga! Só espero que o resto do meu dia não continue assim - disse limpando a mancha com um guardanapo umedecido no copo d`água. - Vamos começar hoje o relatório trimestral e o Sr. Efron fica impaciente enquanto não o vê terminado.
- Impaciente? - Ashley riu. - Eu diria mais: que o seu "Homem das Neves" vira um leão enjaulado!
- Ashley! O sr. Efron é um ótimo chefe. Você sabe que ele cuidou pessoalmente para que eu tivesse um aumento este ano.
- É claro que sei. E aposto como as suas minissaias tiveram muito a ver com a história. Talvez ele tivesse ouvido dizer que suas pernas foram seguradas e decidiu ajudá-la a pagar o seguro.
- Se quer saber, o sr. Efron nunca notou se tenho uma ou duas pernas. Mulherengo é o que ele não é.
- Aquele colarinho engomado como uma mulher? - Ashley riu. - Aposto como a única coisa que Efron leva para a cama são os relatórios da firma.
- O sr. Efron é muito competente.
- Em que departamento, posso saber?
- Quer parar, Ashley? - Vanessa perdeu a paciência, levantando-se. - Acho melhor irmos agora ou vamos nos atrasar. Só faltam cinco minutos e eu já deveria estar no escritório.
As duas passaram pelo caixa e antes de sair vestiram os casacos abotoando-os até o alto.
Como prometi aqui está o primeiro capítulo!!
Espero que gostem...
Resolvi mudar acho que quase não há fics que falam da Vanessa de cabelos
loiros e eu acho que ela fica linda loira além de morena!!
Comentem ai e até qualquer hora!! 
Beijinhoos....

2 comentários:

  1. Ja amei essa fic , posta mais bjs bjs

    ResponderExcluir
  2. Aiii que perfeito ♡♡♡
    Eu amei o capítulo
    louca pra ler o próximo
    posta mais, kisses

    ResponderExcluir